terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

UM SONHO OU PESADELO?


Recentemente sonhei que o mundo havia chegado ao patamar desejado por muitos cristãos, principalmente evangélicos, onde todas as pessoas haviam se tornado cristãs. Na verdade as pessoas tinham aderido ao cristianismo e feito dele um estilo de vida universal.
Entretanto, ao contrário do que muitos imaginam, o mundo cristianizado não se tornou fraterno, justo, igualitário, solidário, amável, enfim, um lugar onde todos e todas se pareceriam com Cristo, o paradoxo de Nazaré. Onde a lógica estabelecida é a do amor e não a do mercado/dinheiro. Essa contradição se deu por conta da uniformidade que destrói a beleza da vida. Dessa maneira, o mundo colorido passou a ter apenas uma cor e o brilho no olhar das pessoas já era raro e, o que é pior, não se via mais o clamor que o rosto da alteridade nos propõe.
Observando um pouco do comportamento do cristianismo nesse sonho, constatamos que o mundo “cristão”, se tornou um mundo sem graça e, acima de tudo, um lugar onde não havia mais espaço para partilhar e compartilhar da Graça que o Pai tem dispensado em favor dos seus filhos e filhas. O acúmulo de riquezas era a maior atividade desenvolvida nesse mundo. Ao lado dessa prática, o orgulho e o ufanismo estavam estampados na face dos cidadãos desse novo espectro de mundo. Percebemos que os habitantes desse ambiente não tinham tempo para cuidar uns dos outros, visto que sua principal missão era cuidar de si mesmos. Nesse sonho o que hoje conhecemos como uma proposta e práxis de cristianismo havia se tornado uma realidade global.
Um mundo onde todos seriam iguais perderia a beleza da diversidade. Esse caos não teria retorno por conta de não existir nenhuma realidade que fosse diferente da vigente. Uma só religião, e essa o cristianismo, trouxe um estilo de vida pouco comprometido com a vida. A beleza das religiões deu lugar à uniformidade que não vê no diferente possibilidade de harmonia, e sim, um potencial adversário a ser derrotado. Nesse onirismo muitos morreram de tédio por que não tinham mais onde jogar bombas ou caçar inimigos invisíveis ou aqueles que têm a sua voz abafada pelo sistema capitalista neoliberal e acima de tudo desumano, selvagem, diabólico. Outros não tinham mais a desculpa de converter ao cristianismo a África e a Ásia, visto que seus produtos e serviços já dominavam esses continentes a partir da “evangelização” efetuada com sucesso. Outros ainda foram tomados por um vazio existencial por não terem mais que fazer missões para cristianizar os pobres e/ou “demonizados” por não pertencerem ao cristianismo. Sem contar que as culturas foram assimiladas ao modelo triunfalista norte-americano com alguns detalhes europeus.
Essa quimera vem nos mostrar que um mundo assim pode se parecer com o cristianismo, mas, nunca se parecerá com Jesus de Nazaré, o Cristo de Deus. Ao acordar percebi que é necessário que o cristianismo enfraqueça e que os discípulos e discípulas de Jesus Cristo ocupem lugar nos nossos sonhos e utopias, bem como na nossa realidade e no estabelecimento do Reino de Deus entre os seres humanos.

Ufa! Ainda bem que foi só um sonho. Ou foi um pesadelo?


Fábio Porto 

24 comentários:

  1. Pois é... Acho que seria um pesadeloo!! É só imaginar a Genebra de Calvino ampliando as proporções compatíveis ao mundo todo!!!

    Parabéns pelo texto, pelo Blog!! Pode ter certeza que esse é seu mais novo vício!!! huahuahauha

    Xeroooo

    ResponderExcluir
  2. Muito bom seu texto. Sendo seu, não puderia ser de outro jeito. Parabéns! Beijocas

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Humm... Um pesadelo!! Realmente fico imaginando de como seria o mundo onde todos seriam iguais e sem a beleza da diversidade... ótimo texto Fabio!!
    Abraçoo

    ResponderExcluir
  5. Blz Fabão!! Parabéns pelo texto filhinho!!!

    ResponderExcluir
  6. A essência da realidade no contraste do religiosismo; EXCELENTE !Que as "cifras cristãs" percam suas ações no mercado,que a devoção pelas altas margens de lucro gospel sucumbam e que as chatisses pregadas que maqueiam o evangélio de Cristo sirvam de destaque na separação do joio do trigo. Meu líder...artigo massa!!!Abração.

    ResponderExcluir
  7. Pesadelo! Concerteza perderia a beleza da diversidade... Belo texto Fabão.

    ResponderExcluir
  8. Foi sonho mesmo ou foi um desejo projetado por um sentimento de negação a tudo o que está aí?
    Eu trago comigo um sentimento assim. Pior é que estamos mesmo vivendo para nós mesmos. É uma pena.
    Seu sonho me fez pensar. Obrigada.
    Saudades de vc, amigo.

    ResponderExcluir
  9. Como é tranquilizante as distancias que a internet encurtam!
    parabens pelo post...
    "infelizmente" nem sonho nem pesadelo...realidade!

    ResponderExcluir
  10. Que o Senhor te abençoe cada dia mais Fábio!!! Esse texto nos faz refletir, de como seria o tão sonhado e desejado mundo de muitos cristãs...
    Parabéns pelo Blog, tenho certeza que seus seguidores serão abençoados nas reflexões de suas belas e sábias palavras...E de fato, isso foi um pesadeloooooo...

    Deus te abençooooeeeee....Fique na paz de Javé!!! Sua caminhada está apenas começando....

    ResponderExcluir
  11. É... que sonho!!!
    A diversidade na sociedade nos dá um colorido diferente, enquanto que a igualdade desse sistema nos paralisa e torna estático o que deveria estar em constante movimento, que é a justamente o amor, e a nossa fé.

    Chego a conclusão de que esse suposto sonho, era um pesadelo disfarçado... que trouxe uma realidade "almejada" por muitos, paradoxalmente, o povo se tornou apático e inerte.

    Ufa! Enfim acabou....

    ResponderExcluir
  12. Oi Fábio, muito bom poder ler seus textos sempre aqui no blog, vai ser um prazer!!!
    Sobre o ótimo texto, é sempre bom lembrar que o Ocidente europeu já viveu a chamada Cristandade e todos sabemos das atrocidades que aconteceram em nome de Deus!!!
    Li um texto de um pastor batista, Davi Malta, escrito lá nos anos 50, ele diz lá corajosamente que o mundo não se tornará cristão e isso não seria necessário, mas necessário seria que os cristãos exercessem o seu papel de sal da terra e luz do mundo, que os cristãos como bom fermento levedassem a massa e cristianizassem não apenas as pessoas, mas também as estruturas sociais...
    Deus me livre de um mundo cristão! Deus me livre de um mundo americano!
    Que sempre floresçam as pluralidades e as diversas formas de experimentar Deus...

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Li seu texto, quis comentar coisas que percebo nas minhas andanças, mas que ousadia seria a minha ao falar sobre Teologia com um Teólogo em meio a outros!!
    Recolho-me à minha insignificância, e digo-lhe: Imagino horrores para a igreja daqui há 50 anos! Mesmo que o ecumenismo não emplaque, já que essa seria uma desvirtude na opinião de alguns, ainda assim, os princípios basilares do cristianismo estão dissolvidos, e uma geração de perversos ameaça existir.
    Não é sonho não, amigo! É pesadelo mesmo!!!

    ResponderExcluir
  15. Me perdôe por não citar a bíblia, e sim, alguém da música. Se bem que por não ser uma "autoridade eclesiástica" não serei castigado...
    Laura Pausini em uma de suas músicas ( Il Mondo Che Vorrei )expressa um pouco dessa angústia, onde diz:

    "...como se faz pra permanecer aqui, assim parado e indiferente a todos os meninos que jamais crescerão? Que sentido há em escutar e não fazer nada? Ofertemos ao mundo aquela paz que não pode esperar mais..."

    Porque será que de GRAÇA recebemos e cobramos tão caro para dar? Acho que a realidade é pior que esse sonho...infelizmente.
    Parabéns pelo blog, Eminência!
    Obrigado por não nos deixar órfãos...kkk

    ResponderExcluir
  16. É meu nobre, pensando assim temos que concordar com o Pr. Ricardo Gondim quando escreveu um belo texto com o seguinte tema: "Deus nos livre de um Brasil evangélico".

    Seja bem vindo ao mundo dos Blogs meu pastor.

    Abraços e saudades.

    ResponderExcluir
  17. Massa seu texto, Fábio. Gostei.

    Você teve um pesadelo, com certeza! E dos ruins! Nem nos meus piores eu imaginaria um mundo todo cristão - blarghh!!!!

    Eu gostaria de um mundo mais humano, meu amigo. Apenas isso. Mas confesso que não acredito. Não mais. Hoje, vivo tentando me tornar mais humano. Vivo tentanto desistir de mudar os outros. Fracasso todos os dias, claro. Mas sigo tentando.

    Saudade de você.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  18. Otimo texto; realmente, esa relação capital/mercado destroi o senso de comunhão com o Ser Supremo;Olha fabio paira uma dúvida no ar; a que vc atribui o caos que o texto denuncia? veja o q acontece no Oriente Médio principalmente; eles merecem mais atenção no sentido de conhecer melhor o " paradoxo de Nazare" sem o terrivel traço de colonização.
    forte abraço
    camafeu

    ResponderExcluir
  19. Oi brother, otimo et coerente o texto; pórem paira uma dúvida no ar; a q vc atribui a situação denunciada? veja, por exemplo, o q acontece no Oriente Médio, aqueles povos precisam conhecer melhor o "paradoxo de Nazare" sem o traço terrivel do colonialismo;essa relação mercado/capital sempre foi devastadora.
    forte abraço
    camafeu
    P.S. tá fazendo falta

    ResponderExcluir
  20. Parabéns pelo texto, muito bom.
    É amigão,enquanto você tem um pesadelo muitos ainda acreditam nesse sonho e fazem de tudo pra tornar real. No meu caso, prefiro prosseguir sem sonhar esse sonho e não me assustando com os pesadelos.
    ...A vida é uma peça de teatro, pura representação...

    ResponderExcluir
  21. Parabéns pelo blog Fábio! Estamos juntos nessa caminhada.Graças a Deus pelos q amam a Cristo e querem viver e conhecer esse amor como ele realmente viveu e nos ensinou. Infelizmente é um sonho real, ou melhor um pesadelo real!!rsrs..
    N sei se somos poucos, mas q bom existimos!"Acordados e inquietos."

    E fica a sua frase:
    "Ao acordar percebi que é necessário que o cristianismo enfraqueça e que os discípulos e discípulas de Jesus Cristo ocupem lugar nos nossos sonhos e utopias, bem como na nossa realidade e no estabelecimento do Reino de Deus entre os seres humanos."

    ResponderExcluir
  22. Amigo, seu blog ta muito legal! o texto faz-nos refletir bastante sobre esse sonho, melhor dizendo, esse pesadelo que hj eh nossa realidade!

    Que o Senhor esteja te abençoando mais e mais e te dando sabedoria para nos trazer mensagens vinda d'Ele para edificação das nossas vidas.

    Saudades

    ResponderExcluir
  23. Parabéns..Fabão....muito bom texto...
    Pesadelo ou não...precisamos acordar para a realidade.
    XEro.

    ResponderExcluir
  24. Meu querido Jorge Camafeu... acredito que um dos problemas que dão origem a essa situação é de fato a falta de amor e comprometimento com a vida, que na prática se traduz na prática capitalista neo-liberal. Infelizmente a religião foi cooptada pelo sistema. Ou será que ela criou esse sistema?

    Um abraço e seja sempre bem vindo ao debate...

    Um xero no S2

    ResponderExcluir