terça-feira, 12 de julho de 2011

O Reino de Deus chegou!!!

Há aproximadamente dois mil anos Deus iniciou, aqui na terra, a implantação do seu Reino através de Jesus Cristo. Jesus disse que o Reino havia chegado e que os discípulos deveriam anunciar ao mundo essa boa nova, esse Evangelho.
É bom lembrar que esse tema foi mal compreendido pelos discípulos da época do Mestre e, infelizmente, ainda hoje muitos confundem o seu real sentido. Os discípulos ao ouvirem Jesus falar a palavra Reino (basiléia) pensavam na estrutura política vigente, ou seja, visualizavam o Império Romano. Os ouvintes de Jesus conheciam reinos e viviam neles, por exemplo: o reino de Herodes e o reino de Roma. Portanto, sonhavam em reinar da mesma forma que César e os imperadores. Jesus, porém decepcionou aqueles que pensavam em dominar o mundo. Não entenderam quando Jesus dizia que o seu Reino não era desse mundo, pois a sua base estava fundamentada no amor.
É imperativo aos cristãos o anuncio do Reino de Deus a esse mundo tão marcado pelo reino do egoísmo, da corrupção, da insensibilidade, da mentira, da falta de esperança, enfim, o reino da negação do amor. É nesse mundo que a Palavra de Deus deve ser pregada, caso contrário, estaremos contribuindo para a manutenção desse caos estabelecido pelo pecado.
Se o Reino de Deus está no nosso meio através do Espírito Santo não poderemos deixar de viver esse reino em nossos relacionamentos. Não poderemos, se o Reino de Deus estiver em nosso meio, colocar no inferno um pastor que tem uma leitura teológica a respeito das questões escatológicas diferente dos teólogos neo-ortodoxos que acham que podem defender Deus (como se Deus precisasse de defesa) condenando os outros que pensam diferentemente.
Se o Reino de Deus está no nosso meio temos que pregar contra as mazelas que assolam a humanidade. Temos que saber nessa caminhada de discípulos de Cristo diferenciar o pecado, do pecador. Precisamos aprender a ser anunciadores do Evangelho do amor e não juízes do mundo em decadência.
Porque o Reino de Deus está no nosso meio, os “defensores” da tradição deveriam levantar suas vozes contra os políticos corruptos, os pregadores mercenários vendedores de ilusão, os promotores da violência e das drogas, o sistema capitalista que gera a pobreza de milhares de pessoas e de tudo aquilo que acaba com a dignidade humana. No entanto, apenas os discípulos assumem esse estilo de vida e vão até o fim amando as pessoas como Jesus amou.

O Reino de Deus é justiça, paz, esperança e amor. Temos em Cristo a inspiração para uma vida diferente, moldada pelas virtudes do Reino. Disse Jesus: “o Reino de Deus está no meio de vós”. (Mateus 12)  

Fábio Porto

2 comentários:

  1. Amém gostei desse post que Deus continue te abençoando

    ResponderExcluir
  2. Vlw meu querido... Fica na paz de Cristo!!!

    ResponderExcluir